fbpx

IRPF – Como uma Holding Patrimonial pode ajudar na Redução da Carga Tributária

holding-patrimonial-IRPF

A constituição de uma holding patrimonial pode trazer consigo uma série de benefícios para os envolvidos. Sendo que um dos principais é a redução da carga tributária imposta sobre suas operações e os benefícios fiscais disponíveis.

Deste modo, o Imposto de Renda, que incide sobre a renda de pessoas físicas e jurídicas, podem ter as suas alíquotas reduzidas por meio da constituição de uma holding patrimonial.

Os benefícios por trás deste modelo de empresa passam, principalmente, sobre as suas finanças, e podem ser obtidos de forma totalmente legal. O que tem feito com que cada vez mais pessoas busquem este modelo de negócio.

Sendo assim, o que você acha de compreender como uma holding patrimonial pode ajudar na redução da carga tributária? Acompanhe o nosso artigo e descubra particularidades desta alternativa.

Confira também: Contabilidade para médicos e clínicas médicas: Conheça a importância de uma parceria especializada.

O que é uma holding patrimonial?

Uma holding se apresenta como uma empresa que exerce o controle sobre as ações de outras empresas e/ou detém uma série de ativos. 

Desta forma, os bens integralizados em uma holding patrimonial serão dela, regidos pela personalidade jurídica da empresa, afastando eventuais efeitos de responsabilidade dos sócios.

Por meio da sua constituição, é possível ter como resultado uma série de benefícios. Acompanhe a seguir alguns dos principais:

  • Redução da carga tributária em certas operações;
  • Planejamento sucessório;
  • Blindagem patrimonial.

Sendo assim, a constituição de uma holding patrimonial traz consigo uma maior economia na carga tributária imposta sobre as suas atividades, de maneira legal e eficiente.

Acompanhe a seguir como este modelo de negócios se relaciona com o recolhimento de impostos, como o IRPF. Vamos lá?

Como uma holding patrimonial atua na redução da carga tributária das atividades imobiliárias (aluguéis)?

Em primeiro lugar, deve-se entender qual é o melhor enquadramento tributário para uma holding patrimonial referente a suas atividades, que em sua maioria são imobiliárias. Diante das opções encontradas, o Lucro Presumido se apresenta como uma das principais opções.

Deste modo, estamos falando de um regime tributário com base de cálculo de 32% e alíquota de 15%. O que proporciona uma redução na carga tributária, gerando assim uma maior economia para os seus sócios.

Confira agora como a constituição de uma holding patrimonial pode influenciar no recolhimento de impostos, como o Imposto de Renda. Aproveite também para tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto!

Aproveite para ler o artigo: Planejamento Financeiro 2021: Como se preparar para as mudanças de mercado.

Imposto de Renda

Um dos impostos mais conhecidos em todo o Brasil é o Imposto de Renda, que incide sobre a renda obtida por pessoas físicas ou jurídicas. Com isso, ele pode se apresentar de duas formas distintas, veja a seguir:

  • Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF);
  • Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ).

Na gestão de uma holding patrimonial, a incidência do Imposto de Renda pode variar de forma substancial.

Desta maneira, quando falamos na receita auferida de aluguéis de uma holding, a porcentagem tributada se refere à presunção de 32% do faturamento. O que acaba gerando a incidência de uma alíquota de 15% do IRPJ. Isso significa que a tributação do IR será de 4,8% .

Ou seja, a tributação poderá ficar até mesmo metade dos eventuais 27,5% incidentes na pessoa física.

Portanto, constituir uma holding patrimonial é uma opção bastante assertiva, visto que proporciona uma série de vantagens.

Neste momento, é fundamental contar com o suporte de um serviço especializado, que será o responsável por conduzir desde o processo de abertura, até mesmo prestar suporte na gestão da holding.

Conte com a CJF Contabilidade! Atuamos na assessoria contábil, fiscal, trabalhista e para-legal com muita eficiência e qualidade há mais de 35 anos! Entre em contato conosco e descubra como nós podemos ajudar!
Não se esqueça também de curtir as nossas redes sociais e acessar o nosso blog para acompanhar outros conteúdos! Leia: Abrir uma empresa em Belo Horizonte: Conheça os principais negócios para investir no “Novo “Normal”.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook

Mais Notícias

Entre em Contato